• Etiam
  • Vivamus
  • Vivamus
  • Vivamus
  • Museu Café do Rock

    empreendimento turístico e cultural

Depois do grande sucesso da Elvis Café, onde mais de 100 mil pessoas prestigiaram a única cafeteria temática em homenagem ao Rei do Rock do país, entre as três que existem no mundo, o empresário e artista Fabiano Feltrin, colocará à disposição do público um novo empreendimento denominado " Museu Café do Rock ". O empreendimento está localizado na comunidade de São Marcos, interior de Farroupilha, perto de um dos pontos turísticos mais promissores da Serra Gaúcha, ou seja, entre os Caminhos de Pedra em Bento Gonçalves e Caravaggio, em Farroupilha.

A casa onde o Museu Café do Rock está sendo instalada, foi toda restaurada preservando sua originalidade centenária. "Pesquisamos e preservamos tudo nos mínimos detalhes, inclusive na guarnição, onde os colonos passavam o calçado para tirar o barro antes de entrar em casa. A pintura foi feita exatamente quando da construção da casa. Janelas, portas e o piso também foram restaurados, mas sem perder sua originalidade", comenta Fabiano Feltrin com brilho nos olhos, sem, no entanto avançar mais nas novidades do local. "Assim que tiver tudo pronto faremos um lançamento para a imprensa. Por enquanto estamos trabalhando na história e no desenvolvimento do projeto. Tudo está sendo pensado e executado por estudiosos e especialistas. Não queremos divulgar e dizer todas as novidades antes do tempo", diz Feltrin. Deixando escapar alguns detalhes pode-se destacar. "Queremos que os admiradores de história possam contemplar mais de 3 mil itens relacionados à música, ao Rock e, evidentemente à Elvis Presley", finaliza Feltrin.

No espaço, os apreciadores e visitantes poderão contemplar itens raros, como uma vitrola de 1919, violão de 1957, rádio de 1940, centenas de disco de vinil, trajes confeccionados pelo mesmo alfaiate que fazia para o próprio Elvis (Bernard Lansky, já falecido), máquina de costura de 1920, quadros, discos de ouro, telefone de 1950, lambreta de 1960, juke box, fotos raras, autógrafos, centenas de miniaturas e uma infinidade de artigos e souvenirs. Tudo em expositores também em estilo retrô. Além de todos estes itens, o museu pretende resgatar algumas histórias, como a primeira banda de Nova Vicenza de 1913, (como era chamada Farroupilha antes da emancipação), histórias sobre racismo, da luta pela igualdade social de Martir Luther King e também da carreira de Fabiano Feltrin como intérprete de Elvis Presley, sendo inclusive homenageado pela ex-esposa de Elvis, Priscilla Presley.

O local também irá privilegiar carros antigos, com a história da produção em massa pelo visionário Henry Ford, e ainda um motor home e um avião. Tudo com ênfase nos visitantes que poderão tirar fotos em totens adaptados para o cenário, além de degustar da culinária local. Sim, pois a ideia do empresário é de fazer uma parceria com uma empresa gastronômica que abrirá o local como " bistrô", além da visitação do museu.

Todas as novidades estão programadas ainda para o ano que vem. "Quem sabe em 16 de agosto, dia em que Elvis faleceu, ou ainda em uma data relacionada a Lisa" ressalta o empresário. Lisa é a única filha e herdeira de Elvis Presley. Feltrin colocou o nome de sua filha de Lisa em homenagem ao encontro que teve com Priscilla Presley, ex-esposa de Elvis, no dia 5 de setembro de 2012. Ele ficou sabendo que sua esposa estava grávida um dia antes de conhecer Priscilla.

A ideia do Grupo Feltrin é de fomentar o promissor nicho de mercado que é o turismo e a cultura, aproveitando o grande momento que será vivido no Brasil por conta da Copa do Mundo e também do crescimento acima da média que vem tendo a Serra Gaúcha. Um fato importante é que o empresário comunica que se alguém tiver uma peça em casa, que acha rara ou interessante para o museu, a empresa se coloca à disposição de receber e colocará em evidência o nome da família que emprestou ou doou o objeto. Inclusive pode fazer a restauração sem custos ao proprietário, se isso se fizer necessário.Para quem não sabe, Fabiano Feltrin é conhecido como o maior colecionador de artigos e souvenirs relacionados à Elvis da América Latina, tendo inclusive sua história num documentário da History Channel. Perguntado se algum item saiu ou sairá da Elvis Café, Feltrin responde imediatamente: " Nenhum". Para mais informações podem contatar com Mari ou diretamente com Feltrin através do fone (54) 3261.3066.